terça-feira, 30 de novembro de 2010

Ausência

Há algum tempo que não apareço nesse espaço, e não, não é um texto que pretende justificar minha ausência o título tem outro propósito, que provavelmente só terá sentido e importância para mim, é uma forma de expressar toda a minha saudade, a ausência provoca em nós seres humanos esse sentimento, é impossível não sentir saudade de algo ou alguém, a diferença é a intensidade, é como se fosse um fórmula matemática, o tamanho da sua saudade é proporcional ao tamanho do amor, paixão ou admiração que você tem por algo, bom eu sinto falta dos meus amigos, do meu salário no fim do mês, da tranquilidade, sinto saudade de uma parte da minha vida que hoje eu não tenho mais, é tudo tão complexo e sem nexo, é incrível e também assustador saber que eu sou único e você também, que no universo não há ninguém como nós que é impossível um segundo voltar porque o tempo não existe, ele é uma ampulheta que conta os grãos de areia que ainda restam para a sua vida e que o tempo leva muitas vezes pra longe o nosso querer.

2 comentários:

Marília disse...

Saudades da nossa época de colégio ;) Beijoos Fábio!!

Fabio Luan disse...

Saudades mesmo, a gente era feliz!
=D
Beijo Marília